Você está aqui: Página Inicial > Notícias > João Pessoa tem o 7º maior volume de investimentos do NE
Você está aqui: Página Inicial > Notícias > João Pessoa tem o 7º maior volume de investimentos do NE

Notícias

João Pessoa tem o 7º maior volume de investimentos do NE

O município de João Pessoa aparece na sétima posição em volume de investimentos na região Nordeste, com R$ 73,8 milhões. O dado é do anuário Multi Cidades-Finanças dos Municípios do Brasil, divulgado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). A outra cidade da Paraíba que aparece no levantamento é Campina Grande, que figura como a nordestina que mais reduziu o montante de investimentos.

A pesquisa utiliza como base números da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além do investimento, os dados apresentam análise do comportamento dos principais itens da receita e despesa municipal, como ISS, IPTU, ICMS, FPM , e também gastos com pessoal, saúde, educação e outros.

Os números são referentes ao ano de 2018. Segundo o levantamento, das 25 cidades nordestinas que analisadas, 14 ampliaram seus investimentos.

Com os R$ 73,8 milhões investidos, João Pessoa fica atrás de Salvador ( com R$ 436,5 milhões), Fortaleza (R$ 415,7 milhões), Recife (R$ 281,7 milhões), Teresina ( R$ 234,5 milhões), São Luis (R$ 92,6 milhões) e Camaçari (R$ 79 milhões). Fazendo o comparativo com o ano anterior, a capital paraibana teve uma alta de 6,5% em investimentos.

Das lideres do ranking, acima de João Pessoa, apenas Teresina apresentou queda no período analisado, com 24,9% a menos. A cidade do Piauí também foi a única capital nordestina que apresentou redução.

Quando se analisa a queda em investimento, Campina Grande lidera o ranking na região Nordeste. Em 2017, o montante investido pela administração municipal foi de R$ 52,1 milhões e em 2018, caiu para R$ 33,9 milhões. Percentualmente, a queda foi de 34,9%.

Na sequência do ranking negativo aparecem Juazeiro do Norte (CE), com uma queda de 28,3%, Caucaia (CE), com redução de 27,3%, Teresina (PI), com 24,9%, e Feira de Santana (BA), com decréscimo de 22,3%. Os valores são corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) médio de 2018.

Dados nacionais

O levantamento feito pelo anuário Multi Cidades apontou que o volume total dos investimentos das cidades brasileiras foi de R$ 38,37 bilhões em 2018, um crescimento de 35,8% se comparado ao ano anterior, em valores corrigidos pelo IPCA. Apesar da alta, os anos anteriores foram de quedas expressivas em obras e aquisição de equipamentos pelas prefeituras.

“Os investimentos municipais iniciaram sua trajetória de queda em 2015. Após três anos de fortes retrações, os aportes caíram para um total de R$ 28,25 bilhões e a alta registrada de 35,8%, em 2018, ainda não é suficiente para repor a despesa aos patamares dos anos pré-crise”, explica o economista e diretor do anuário, Alberto Borges.

registrado em: