Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Parlamentares da PB debatem medidas contra desemprego
Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Parlamentares da PB debatem medidas contra desemprego

Notícias

Parlamentares da PB debatem medidas contra desemprego

Uma reunião virtual da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que aconteceu na manhã desta quarta-feira (25) debateu medidas econômicas para evitar o desemprego. O documento com todas as deliberações da reunião será encaminhado em breve ao governador João Azevedo.

A reunião, primeira de forma remota da Frente, foi presidida pelo deputado Eduardo Carneiro e transmitida ao vivo pela TV Assembleia, YouTube e Facebook da ALPB como forma de apoiar as pequenas empresas, empreendedores e  trabalhadores autônomos durante o período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O presidente da ALPB, Adriano Galdino, garantiu que a Casa estará sempre vigilante e pronta para atuar em defesa da população da Paraíba. O chefe do Legislativo Estadual defendeu o equilíbrio entre os Poderes e união entre as lideranças dos setores produtivos da Paraíba. “É preciso que estejamos juntos e unidos com o Executivo, com o Judiciário, o Ministério Público, com os empresários e com os prefeitos. Precisamos ter humildade para ouvir a todos, entender o momento e buscar soluções”, observou Galdino.

O representante do Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação, Graco Parente, mostrou preocupação com a retomada da economia no estado e apresentou algumas medidas para solucionar a crise. “Nesse momento, dividimos em três pilares para ajudar na economia. A relação de trabalho, onde aguardamos a suspensão dos contratos de trabalho, com o Governo Federal pagando o auxilio. O crédito seria o segundo pilar, com a redução de taxa de juros e de burocracia, para que o dinheiro possa chegar nas mãos dos empresários com celeridade; além da retomada da economia”, destacou.

Entre os encaminhamentos sugeridos, a prorrogação do prazo para renovação de licenças e para o pagamento de impostos, como o ICMS e ISS, foram alguns dos itens destacados, já que váriossetores tiveram que cumprir a determinação de quarentena, resultando na redução da arrecadação e impossibilitando o repasse de impostos ao Estado e municípios.

A obtenção de créditos sem juros e a longo prazo, através de linhas de créditos emergenciais, ajudaria, segundo os representantes de setores produtivos que participaram da reunião, a evitar demissões em massa. O deputado Eduardo Carneiro sugeriu, inclusive, a proposta de ampliação de financiamentos, através do Empreender-PB. A possibilidade de liberação de até 60% do FGTS para os trabalhadores também foi sugerida como forma de fortalecer a economia do país.

Também participaram da reunião virtual da Frente do Empreendedorismo os deputados Raniery Paulino e Wilson Filho; o presidente da Associação Comercial de Campina Grande, Marcos Procópio; o presidente da Embaixada de Negócios da Paraíba, Paulo Alves; o presidente do Conselho de Contabilidade da Paraíba, Bruno Sitônio; e o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), José Willian.

registrado em: