Rádio Tabajara

Futebol brasileiro de luto com o falecimento de Coutinho

12 de Março de 2019

O futebol brasileiro está de luto. Um dos maiores ídolos da história do Santos, Coutinho morreu nesta segunda-feira, aos 75 anos de idade.

Nascido em Piracicaba (SP), Antônio Wilson Vieira Honório, o Coutinho, chegou cedo à cidade de Santos. Com 14 anos, já estreava na equipe principal e rapidamente mostrava a qualidade que o credenciou como um dos maiores jogadores da história do Santos. Ao jogar no ataque junto com Dorval, Mengálvio, Pelé e Pepe, fez parte de uma das equipes mais vitoriosas do futebol brasileiro e mundial.

Ao todo, Coutinho atuou 457 vezes com a camisa do Santos e marcou 368 gols em duas passagens: de 1958 a 1968 e de 1969 a 1970. Ele é o terceiro maior artilheiro da história do clube atrás somente de Pelé e Pepe e o quinto maior dentre todos os clubes brasileiros, além de ter conquistado 19 títulos, sendo duas Libertadores, duas taças Intercontinentais, cinco Campeonatos Brasileiros, seis Paulistas e quatro edições do Rio-São Paulo. Além disso, o atacante foi o artilheiro da Libertadores de 1962.

Pela seleção brasileira, Coutinho foi campeão da Copa do Mundo em 1962. No total, ele disputou 15 jogos e fez seis gols com a camisa verde e amarela, tendo sido convocado pela primeira vez com apenas 16 anos de idade.

Coutinho também teve passagens por Vitória (1968), Portuguesa (1969), Bangu (1971-1972), Atlas-MEX (1971) e Saad (1973). Neste último, o astro aposentou-se.

Fonte: ESPN

 

FacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Gostou? Compartilhe: