NO AR - Bate-bola Matinal

NO AR - Reserva Especial MPB

Destaque

Cristovam Tadeu recebe homenagens de amigos e fãs em sepultamento


10/04/2017

 

Sepultamento de Cristovam no Senhor da Boa Sentença

Sepultamento de Cristovam no Senhor da Boa Sentença

Foi sepultado neste domingo, dia 9, no cemitério Senhor da Boa Sentença, o corpo do ator, quadrinista e humorista paraibano Cristovam Tadeu, 54. Ele foi achado morto, sábado pela manhã, em seu apartamento, no Centro de João Pessoa. Familiares, amigos e fãs prestaram homenagens ao artista.

“A Paraíba perdeu um grande artista. Um showman! Era um artista completo. Perdemos um grande humorista”, disse Maria Eduarda Santos, superintendente da Rádio Tabajara, onde Cristovam trabalhava como diretor de programação e artístico desde 2011.

Ainda em entrevista à repórter Josi Simão, a jornalista Ruth Avelino – presidente da PBTUR e amiga de Cristovam – destacou o aspecto inovador do artista e recordou sua importância para o teatro paraibano e também de suas participações em programas de tevê nacionais.

O cantor Liss Albuquerque e o ator Edilson Alves lamentaram a perda. “Fizemos histórias juntos”, disse Edilson, destacando a participação ativa de Cristovam nas artes cênicas. Liss enfatizou a efervescência artística de Cristovam.

O humorista, natural de Cajazeiras, era conhecido pelas suas imitações de personagens da política e da cultura, como Ariano Suassuna e Caetano Veloso. A imitação do ex-arcebispo Marcelo Carvalheira era uma de suas prediletas.

Imitação perfeita de Ariano Suassuna o levou a atuar em um monólogo-homenagem ao escritor. Seu último trabalho foi – no final do  ano passado -no longa-metragem ‘Beiço de Estrada’, sob direção de Eliézer Rolim e contracenando com Darlene Glória.

Cristovam teria sofrido uma parada cardíaca durante a madrugada do sábado, dia 8. O corpo foi encontrado por uma das filhas do artista. O Governo do Estado da Paraíba emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do humorista.

“Hoje, não provocou risos. Apenas uma profunda tristeza. Mas sua existência estará sempre guardada na memória daqueles que conviveram com ele e que, mesmo sem desfrutar de sua relação pessoal, tiveram a alegria de vê-lo em ação. Que Deus conforte toda a família e amigos. E o receba de braços abertos. Tal qual o próprio Cristovam gostava de se apresentar sempre”, diz a nota oficial.

Homenagens e notas de solidariedade foram postadas por fãs e amigos nas redes sociais. Para ouvir na íntegra a reportagem da jornalista Josi Simão, basta clicar no alto-falante ao lado do título deste texto.

 

Jãmarrí Nogueira

FacebookTwitterPinterestGoogle+Email