Rádio Tabajara

Concerto da OSUFPB desta semana conta com pianista norte-americano

16 de Maio de 2018

A OSUFPB apresenta, nesta sexta-feira, 18 de maio, grande concerto com a participação do pianista norte-americano David Korevaar. A apresentação será às 20:00 horas e marca a volta da Orquestra ao seu local oficial de apresentações, a Sala Radegundis Feitosa, que passou alguns meses interditada para manutenção. A entrada é gratuita e recomendável para todas as idades.

Dividido em séries temáticas, a temporada da OSUFPB de 2018 busca contemplar temas específicos em obras musicais a partir do teor conceitual de sua criação, exaltando as motivações estéticas, políticas, históricas e até pessoais que levaram grandes compositores a produzirem suas obras. Desta forma, os concertos levam ao espectador a possibilidade de mergulhar mais profundamente na música produzida por esses compositores. Com essa estratégia pedagógica em fina sintonia no conteúdo artístico desses criadores, a OSUFPB cumpre seu papel de formar plateia, mas também de embevecer o público já envolvido com o mundo da música erudita.

O concerto desta sexta contempla a série Augusto dos Anjos, que neste ano apresenta quatro programas baseados em compositores que, de algum modo, foram afetados pela Primeira Guerra Mundial. Em cada um deles, ressalta-se a música de algum dos principais países combatentes e abordamos um aspecto psicológico descrito em obras de arte concebidas durante os anos da guerra. Este programa, em específico, é focado na música inglesa e inspirado no poema “My boy Jack” de Rudyard Kipling, onde se vê destacada a dor dos pais que perderam seus filhos em batalha.

O pianista David Korevaar é o primeiro dos convidados internacionais de nossa temporada 2018. Nesta sexta, o consagrado músico interpretará o Concerto n. 1 para Piano e Trompete de Dmitri Shostakovich, ao lado do trompetista Flávio Gabriel, que é professor  da Universidade Federal de Uberlândia e que foi especialmente convidado para este concerto. Também serão executadas a Suite para Cordas, do compositor inglês Frank Bridge e a Elegia “Perdas”, do compositor José Orlando Alves, que é professor do Departamento de Música e também membro do Laboratório de Composição Musical, ambos da UFPB. Esta obra terá nesse momento a sua estreia mundial. A regência é do maestro Thiago Santos, regente titular da OSUFPB.

FacebookTwitterPinterestGoogle+Email

Gostou? Compartilhe: